OBDL960.jpg

Artigos

Aqui você tem acesso a alguns dos nosso artigos. Fique à vontade para curtir, compartilhar e comentar.

Buscar
  • The First | Segurança é estilo de vida.

ASIS GSX 2019

ASIS – American Society for Industrial Security GSX 2019 – Global Security Exchange


Por Roberto Zapotoczny Costa


A ASIS – American Society for Industrial Security é uma organização internacional que congrega mais de 34.000 profissionais de segurança e que produz conhecimentos de diversas formas, bem como fomenta negócios ao comandar uma das maiores feiras do setor no mundo. Também é responsável pelas renomadas certificações profissionais - os títulos denominados CPP – Certified Protection Professional para gestores de segurança, o PSP – Physical Security Protection, o PSI - Professional Certified Investigator e o mais recente, o APP - Associate Protection Professional.

Dos diversos eventos que promove nas Américas, na Europa e Ásia, o maior deles é o GSX – Global Security Exchange, e que este ano ocorreu em Chicago, Illinois (EUA), no período de 8 a 12 de setembro de 2019. Para saber mais a respeito da referida entidade acesse www.asisonline.com. Para associar-se basta preencher um formulário e pagar uma anualidade de US$ 100.00, que dará acesso a diversos materiais (muitos gratuitos) e outros tantos benefícios.


A ASIS possui capítulos (algo parecido com filiais ou sucursais) espalhados pelo mundo. Aqui no Brasil há 2 deles, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro. Promovem encontros e canais de intercâmbio de informações.


A instituição promove anualmente um encontro em algum lugar dos EUA, geralmente em Orlando, Dallas, Filadélfia, Atlanta, Las Vegas e Chicago, como a que ocorreu este ano. Esses eventos costumam trazer milhares de pessoas de várias partes do mundo e são utilizados espaços de grandes dimensões, capazes de comportar diversos acontecimentos, dentre eles, ocorreram neste evento:

  • 6 cursos

  • 13 sessões acessíveis via web (ASIS TV Broadcast)

  • Mais de 250 palestras promovidas por mais de 120 palestrantes

  • 24 palestrantes internacionais

  • Sessões de demonstração de equipamentos

  • Aproximadamente 550 empresas expositoras

  • E muito mais (ex: sessões de aconselhamento de carreira)

Este ano o grande evento ocorreu em Chicago, cidade às margens do Lago Michigan, em Illinois, uma das maiores cidades dos EUA, atualmente com quase 3 milhões de habitantes. Famosa pela arquitetura ousada, ela tem uma linha do horizonte repleta de arranha-céus, como o famoso John Hancock Center, a Willis Tower (antigamente chamada de Sears Tower), com 443 metros de altura, e a neogótica Tribune Tower. A cidade também é conhecida pelos museus, como o Art Institute of Chicago, com obras impressionistas e pós-impressionistas de destaque.

A cidade é acolhedora e se movimenta bastante em eventos como esse. Muita gente nos bares, restaurantes, metrôs (a cidade é bem capilarizada, fácil deslocar-se utilizando transporte público). Veja aqui na foto ao lado em um poste dois cartazes, um que dá as boas-vindas ao GSX e outro dizendo que estão felizes por nos receber na cidade, bem carinhoso.


E nessa cidade está instalado o imponente Centro de Convenções McCormick Place, com mais de 6 milhões de metros quadrados de espaço para exposições. É o maior e mais flexível em uso na América do Norte, localizado à beira do Lago de Chicago, a poucos minutos do centro da cidade, inclusive de metrô. Espaço agradável, climatizado, estacionamento, lojas e restaurantes, possui todas as facilidades de acesso e permanência.


O salão de exposições possui largos corredores, muito bem sinalizados, climatizado, espaços para descanso, sanitários sempre limpos, piso acarpetado, enfim, todo o merecido conforto para os visitantes locais e internacionais. Além do salão, o evento acomodou espaços para as palestras, distribuídas em mais de 50 salas. Estima-se que houve a presença de 20.000 pessoas no evento. Incrível!



Momento da abertura do esperado evento, conduzido pela Sra. Christina Duffey, Presidente da ASIS e que ocorreu exatamente no horário programado.


Um dado interessante aos visitantes de outros países refere-se ao acolhimento por parte dos expositores e organizadores em geral, desde as startups até os consolidados fornecedores, todos bastante atentos às perguntas e dúvidas. Cada um se preparou à sua maneira, com estandes estruturados com mais ou menos recursos, panfletos explicando os produtos, alguns especialistas em prontidão para atender a todos e distribuindo carinhosamente alguns mimos, e que não foram poucos. Como todo bom brasileiro, fui presenteado com alguns, tais como:



  • Post-its

  • Álcool em gel

  • Protetores de câmeras para laptops, tablets e smartphones (muito útil)

  • Protetores labiais

  • Óculos de sol

  • Canetas

  • Pen-drives

  • Outros mimos diversos como camiseta e meias...!







Bem, resumindo o que vimos no evento (fomos em aproximadamente 40 brasileiros):

  1. Sessões educativas – foram muitas salas e espaços. As palestras são divididas entre Básicas, Intermediárias e Avançadas, de acordo com o seu nível de conhecimento no assunto de seu interesse. Há um probleminha: você pode se interessar em assistir mais de uma palestra, e que podem ocorrer simultaneamente. Você pode optar por assistir a uma ou outra, ou parte de uma e outra. Este ano houve um foco maior em cuidados com pessoas, além das questões cibernéticas, uso de drones, gerenciamento de riscos em suas mais variadas formas, além de lançamento de livros (durante o evento foram aproximadamente 20). Detalhe: para participar das palestras há um valor à parte a ser pago, você pode escolher em participar de apenas 1 dia ou todos, vai do seu interesse e bolso. O pacote completo sai em torno de US$ 1.100,00. Quer saber mais? Acesse: www.gsx.org.

  2. Exposição – Foram aproximadamente 550 expositores, desde startups até empresas já consolidadas, e muitas demonstrações de produtos. Notamos que há poucos produtos de origem chinesa, sendo a maioria americana ou canadense. Uma grande parte dos expositores apresentaram serviços tais como: gerenciamento de crises, continuidade de negócios, inteligência, compliance, alertas e protocolos especiais para comunicação em massa. Comparando com as feiras que temos no Brasil, houve menor exposição de produtos como câmeras e softwares. Percebemos uma boa quantidade de expositores em produtos relacionados a drones e sistemas de barreiras físicas contra intrusão de veículos pesados (mobile barriers).

Como eles enfrentam o sério problema dos Active Shooters (atiradores em massa), vimos diversas iniciativas para combater esse tipo de incidente, desde treinamentos até infraestrutura (como demonstrado nas fotos abaixo), uma espécie de tablado que funciona como um escudo de proteção (Nível 3-A). Em caso de perigo, as pessoas se protegem atrás desse produto.



Em termos de tendências, percebe-se uma grande preocupação com a proteção de pessoas, sob o ponto de vista do terrorismo e violência, daí o investimento dos estudiosos em novas tecnologias de monitoramento preditivo e procedimentos preventivos.

Diariamente eles publicam um jornal com as principais informações do dia para que o visitante possa estar antenado com tudo o que acontece no evento.


Além disso, a organização do evento credenciou alguns hotéis e disponibilizou gratuitamente shutlles (ônibus e vans para transporte dos visitantes entre hotéis e local do evento). Caso não esteja hospedado em algum desses hotéis, pode-se utilizar táxi, ônibus, metrô ou transporte por aplicativos.


Veja alguns comentários dos brasileiros que participaram dos eventos:


“Neste ano pude notar uma forte tendência para novas soluções de controle de acesso e novos dispositivos para detecção de caronas, um problema antigo até então solucionado apenas com bloqueios físicos. Outro ponto importante neste ano foi o grande número de brasileiros presentes na GSX, mais de 50 profissionais e delegações importantes como da FIESP, capítulos SP e RJ, bem como da FENAVIST. No último dia tivemos a oportunidade de conhecer o centro de inovações da Motorola, visita organizado pelo Consulado Americano do RJ, onde pudemos constatar a tendência de armazenamento de imagens em nuvem e integração com diversos sistemas em única plataforma. Pela primeira vez tivemos um encontro para networking entre todos os capítulos Latino Americanos, com mais de 250 associados.”

Luciano Caruso, presidente do capítulo SP e Diretor Geral da Haganá Tecnologia


“Como frequentador de eventos nacionais e internacionais de segurança desde 1997, seja como visitante, congressista, expositor e palestrante, vejo no GSX o melhor evento para buscar informações na melhor fonte: os gestores de segurança. Graças aos associados ASIS e às sessões educacionais, vejo que o GSX traz muito mais do que apenas o lado comercial da exposição: promove uma rica troca de experiências, de informação e educação, e nos conduz ao final com a certeza de que terminamos a semana melhores do que começamos.”

Mauro de Luca, PSP, Diretor de Desenvolvimento de Negócios LATAM e US na Trilobit Global.



“O GSX é a oportunidade perfeita para encontrar os principais fabricantes de equipamentos de segurança, conhecer as tendências do mercado e estabelecer um network global com profissionais com expertises diferentes, voltando para casa preparado para continuar inovando e protegendo nossas organizações.”

Gustavo Dietz, Diretor de Segurança British American Tobacco e Chairman do Capítulo Rio da ASIS.


“O GSX promovido pela ASIS é para mim uma oportunidade ímpar de conhecer novas soluções tecnológicas e realizar networking com os mais conceituados gestores de segurança do mundo.”

Claudinei Almeida, Gerente Regional de Segurança Logística Dell.


“Como consultor internacional de segurança executiva por virtualmente duas décadas, e com residência permanente nos Estados Unidos, tenho a clara percepção de como a comunidade internacional de segurança empresarial respeita e absorve as iniciativas da ASIS. Sou membro ativo desta entidade desde 2004, quando iniciei minha empreitada de vir residir aqui na América. Aqui é clara a importância dada pelo mercado, seja por grandes empresas ou prestadores de serviços, de uma participação como membro da ASIS, ainda mais para quem possui as certificações. Para mim a network alcançada por participar desta, é incalculável. A GSX (vulgarmente chamada pelos brasileiros de feira da segurança) é uma monstruosidade, cobrindo virtualmente todos os segmentos do nosso setor. Uma ótima oportunidade para network e ver todas as inovações do mercado. E também para encontrar os amigos brasileiros que sempre, em número expressivo, nos presenteiam com sua presença. Para mim, uma ótima oportunidade de matar saudades de grandes profissionais. Espero que no ano que vem tenhamos ainda mais brasileiros representando nossa cultura.”

Leo Botelho, CES


“A conferência anual da ASIS é uma excelente oportunidade do profissional de segurança se atualizar com as últimas tecnologias do mercado. O evento também promove sessões de aprendizagem dos mais diversos temas, e por último, mas não menos importante, um incrível global network.”

Cláudio Weschler, Consultor Internacional.


“Este é o principal e maior evento de segurança do mundo. É uma ótima oportunidade para nos atualizarmos com as melhores práticas da indústria, além de trocar informações com os maiores líderes de segurança do mundo e nos aproximar do que há de mais moderno no setor.”

Benny Schlesinger, Gerente de Segurança Sr. - Península Participações.


"A GSX (Global Security Exchange) tem se apresentado como um dos principais compromissos no calendário do gestor de segurança empresarial. Além da oportunidade de trocas de experiências com ícones da segurança corporativa do cenário global, o participante tem amplo acesso as tendências do setor. No campo da capacitação profissional, uma vasta programação dos mais variados temas para o profissional se atualizar e aprimorar seus conhecimentos. "

Antonio Neves, Country Security Manager - Heineken Brasil.


“Com presença massiva de profissionais do Brasil, o encontro da ASIS é, não só a melhor oportunidade de entrar em contato com as maiores tendências do mercado de segurança no mundo, mas também o ambiente perfeito para networking e o surgimento de novos negócios e projetos com parceiros nacionais. Mesmo aqueles que não visitam a feira como compradores ou prestadores de serviço estão sempre presentes de forma institucional, o que faz do encontro um verdadeiro caldeirão de oportunidades para profissionais da segurança.”

Luciano Coelho, Gerente do Departamento de Defesa e Segurança da FIESP.


“Esta foi minha primeira participação na feira da ASIS e fiquei positivamente impressionado com a qualidade do evento. Uma oportunidade ímpar de aprimorar-se nas novas tecnologias e tendências, bem como de conhecer profissionais de todas as partes do mundo. Destaco o grande número de empresas que fornecem serviços de Emergency Response Services e de Barreiras Físicas conhecidas como Bollards ou Roadblocks.”

Paulo Zapater, Gerente de Segurança Empresarial - TV Globo.


Foto de alguns dos brasileiros durante o evento.


Algumas curiosidades de tempo e investimento:

  1. Está em dúvida em quanto tempo destinar para uma viagem dessas? Sugiro 1 semana. Assim você terá oportunidade de conhecer um pouco sobre os pontos turísticos do local (temos que aproveitar, não é mesmo?) e participar do evento. Há outras atrações em paralelo, como visitas organizadas por entidades como FIESP, OSAC, Capítulos da ASIS e algumas organizadas por empresas (este ano tivemos um café da manhã promovido pela Bloomberg, bem bacana).

  2. Quanto aos custos, vamos a alguns exemplos: a. Voo: em média US$ 1,500.00 (quanto antes comprar melhor o preço). b. Hospedagem: uns US$ 150.00 por noite, com café da manhã. c. Alimentação: reserve pelo menos uns US$ 100.00 por dia para frequentar médios restaurantes para almoço e jantar (paguei US$ 7.00 por um chopp). d. Locação de carro médio: US$ 70.00 a diária. e. Estacionamento do local do evento: US$ 23.00.

  3. Transporte público: US$ 20.00 por três dias. Observação: Considere que o dólar nesse período estava cotado a R$ 4,30. Lembrando do chop, paguei o equivalente a R$ 30,00!


Está com dúvida a respeito de associar-se a ASIS ou em visitar os próximos eventos, permita-me lhe aconselhar: siga em frente, vale a pena! O próximo será em Atlanta (EUA), de 21 a 23 de setembro de 2020.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logo-TF_The_FIrst_slogan-branca.png

8h30 às 18h00

contato@thefirst.com.br

 

+55 11 93738.2211

  • Facebook The First Consultoria
  • Linkedin The First Consultoria
  • Instagram The First Consultoria
  • YouTube The First Consultoria